🕗 Tempo de leitura: 17 minutos

Corretor de imóveis, corretor imobiliário, consultor de imóveis – são diversos nomes atribuídos à essa profissão. Entretanto, independe da nomenclatura as atribuições são as mesmas.

No conteúdo de hoje, você vai ver tudo a respeito da profissão e do profissional. Desde como se tornar um corretor de imóveis, o que faz um corretor, se vale a pena se tornar um, quanto ganha e etc.

De certo, ser corretor de imóveis provavelmente seja a profissão mais igualitária e inclusiva que existe.

Porque, não há restrições de sexo, idade, cor ou credo. Qualquer pessoa, independente do seu momento profissional pode se tornar um corretor de imóveis.

Por isso, é uma profissão atraente. Seja para quem está iniciante sua carreira ou para quem deseja de reinventar.

Estima-se que no Brasil, haja mais de 400 mil corretores de imóveis credenciados pelo Creci.

Então, continue a leitura. Ou se preferir, navegue pelo conteúdo através tópicos abaixo:

1. O que faz um corretor de imóveis?
2. Código de ética do corretor de imóveis
3. Corretor de Imóveis – Por onde começar?
4. Sobre o curso de corretor de imóveis
5. 6 Dicas para o Corretor de imóveis iniciante
6. Quanto ganha um corretor iniciante
7. Diferenças entre os perfis de corretores
8. Novo conceito para corretores de alta performance
9. 19 Dicas para ser um bom corretor de imóveis
10. Alcançando o sucesso como corretor de imóveis
11. Como se apresentar como corretor de imóveis
12. Escolhendo entre ser corretor autônomo ou Trabalhar em uma imobiliária?
13. Corretor de imóveis autônomo
14. Entendendo sobre a comissão do corretor de imóveis
15. Corretor de Imóveis trabalhando como Administrador de imóveis
16. A melhor forma de se motivar na carreira de corretor de imóveis
17. 7 Dificuldades do mercado imobiliário que você precisa saber
18. Treinamentos para corretores de imóveis
19. Vale a pena ser corretor de imóveis?

O que faz um corretor de imóveis?

Antes de falarmos mais afundo sobre a profissão de corretor de imóveis é importante entender primeiramente, o que faz um corretor.

Pois bem, o corretor de imóveis é o profissional responsável e capacitado para atuar com a intermediação imobiliária. Seja na compra, venda, locação ou permuta de imóveis.

Contudo, muitos ainda se aventuram na área de avaliação imobiliária, com um curso adicional no currículo.

De acordo com a lei n° 12.236 de Maio de 2010 são obrigações de um corretor de imóveis:

  • Checar a veracidade e a validade dos documentos do imóvel e do vendedor, e repassar as informações para o comprador.
  • Pesquisar e apresentar todas as certidões referentes à transação. Inclusive sobre dívidas de condomínio, dívidas com concessionárias de serviços públicos, parcelas de financiamento em aberto, taxas de mobiliário das áreas comuns e de entrega do imóvel.
  • Zela e cumprir o código de ética da classe
  • Responder civil e penalmente por atos que causem algum dano ao comprador, que tenham sido causados por imperícia, imprudência, negligência ou infrações éticas.

Além disso, de acordo com o Creci – SP, faz parte do trabalho do corretor de imóveis:

  • Manter-se atualizado com relação ao perfil do mercado imobiliário
  • Reunir informações detalhadas sobre aquisição, venda, locação, avaliação, preço, financiamentos e etc.
  • Firmar contrato relativo a sua prestação de serviço
  • Combinar preço e condições da transação
  • Agendar visitas ao imóvel, mostrando-o ao cliente
  • Examinar a documentação do imóvel
  • Orientar todo cliente que queira investir em imóvel.

Código de ética do corretor de imóveis

Já que falamos acima sobre as atribuições de um corretor de imóveis, nada mais certo, que prosseguir com o Código de Ética que rege a profissão.

Afinal, todas as atividades inerentes à profissão na área de corretagem devem ser realizadas sempre de acordo com a ética profissional “imposta” pelo órgão regulamentador. No caso o Creci.

O código de ética do corretor de imóveis foi incluído e atualizado na lei que regulamenta a profissão somente em 1992. E é o mesmo em vigor até hoje.

“Ética é o que você faz quando estão olhando. Caráter é o que você fez quando ninguém está vendo.”

Em seu artigo primeiro diz:

“Este código de ética profissional tem por objetivo fixar a forma pela qual deve se conduzir o corretor de imóveis, quando no exercício profissional.

Para ver todos os artigos que compõe o código de ética, acesse: Código de Ética do Corretor de Imóveis.

Corretor de Imóveis – Por onde começar?

Então, agora que falamos sobre os deveres e incumbências da profissão. Que tal entender os primeiros passos para se tornar um corretor de imóveis?

Vamos lá, por onde começar? Em primeiro lugar, para se tornar um corretor de imóveis você precisa concluir 4 etapas. Sendo elas:

  • Ingressar em um curso de corretor de imóveis profissionalizante (TTI ou Gestão de negócios imobiliários)
  • Iniciar seu estágio em uma imobiliária ou com um corretor autônomo credenciado
  • Obter o Creci definitivo
  • Escolher a área de atuação

Veja também, a descrição completa de cada um desses passos em: O que precisa para ser um corretor de imóveis.

Sobre o curso de corretor de imóveis

A cada mês, cerca de 2 mil novos profissionais ingressam no mercado imobiliário. E mais de 200 imobiliárias são abertas no Brasil.

Portanto, diante desse cenário, já identificamos a vasta procura pela profissão.

Então, caso você ainda não seja um profissional da área, fique por dentro dos melhores cursos disponíveis.

Em primeiro lugar, são 3 tipos de cursos diferentes que permitem que uma pessoa ingresse no mercado imobiliário.

Em cada um deles, o tempo de duração da faculdade é diferente. Veja abaixo:

  • Técnico de Transações Imobiliárias: Duração 1 ano (formato EAD ou presencial)
  • Superior Tecnológico em Gestão Imobiliária: Duração de 2 anos (formato EAD ou presencial)
  • Bacharelado em Ciências Imobiliárias: Duração de 4 anos (formato presencial e semi presencial).

Independente de qual o formato de curso que você escolha, você vai se deparar com uma grade curricular bem ampla.

Justamente, para capacitá-lo da melhor forma na profissão. Entre as disciplinas, encontramos por exemplo:

Tecnologias para área imobiliáriaPlano de negócio
Planejamento estratégicoMercado imobiliário / Lançamentos e Loteamentos
Marketing pessoalMatemática aplicada
Matemática financeiraFundamentos de marketing
Administração e contratos nos negócios imobiliáriosGerenciamento e técnicas de vendas

Se quiser ver sobre valores e faculdades acesse nosso conteúdo completo sobre o assunto: Onde encontrar os melhores cursos de corretor de imóveis

6 Dicas para o Corretor de imóveis iniciante

Enquanto, os corretores de imóveis que atuam a mais tempo no mercado, se prendem a processos desatualizados. O corretor de imóveis iniciante chega com um novo folego, aspirando inovação e motivação.

Por isso, normalmente, corretores que acabam de ingressar na área estão mais “antenados”. Assim, eles procuram as melhores práticas de se conseguir bons resultados.

Dessa forma, achamos prudente ainda, salientar algumas dicas para quem está começando agora:

  • A motivação e resiliência são suas principais armas
  • A internet sempre te trará bons resultados, use-a com inteligencia.
  • As pessoas precisam saber que você agora é corretor de imóveis, foque no marketing pessoal
  • Aprenda o que puder com seus colegas mais “antigos” de profissão – saiba ouvir
  • Não se esqueça que organização é regra básica para um corretor de imóveis
  • Monte um script de vendas e o siga passo a passo

Quanto ganha um corretor iniciante

De certo, o mercado imobiliário está cada vez mais competitivo e para obter bons lucros todo profissional precisa se especializar cada vez mais.

Assim, as possibilidades de se conseguir um bom salário, desde o inicio, como corretor de imóveis ainda continuam ótimas.

Entretanto, o salário do corretor de imóveis iniciante, sempre é baseado em variáveis. Ou seja, comissionamento.

E por sua vez, um corretor iniciante normalmente vai precisar de ajuda nas negociações. Pelo menos no começo da sua carreira. Por isso, suas comissões serão divididas com o profissional que o estiver ajudando. No caso de trabalhar em uma imobiliária.

Porém, quando optar por trabalhar de forma autônoma, seus recebíveis não diferem de qualquer outro corretor.

Diferenças entre os perfis de corretores

Agora que já passamos pela fase inicial vamos focar realmente no profissional de modo geral. Em primeiro lugar, vale salientar que qualquer perfil de pessoa pode se tornar corretor de imóveis.

Porém, existem diferenças, que são particulares de cada perfil de profissional.

Por exemplo, há o corretor mais extrovertido, que gosta de falar bastante e se dá bem com todo mundo.

Assim como há também, o corretor mais introvertido, que trabalha melhor com questões burocráticas do que atendendo a um cliente.

Então, entre os dois, qual você julga que vai se dar melhor no mercado imobiliário?

Há um ditado na área de vendas que diz: “quem fala mais, vende mais“.

Mas, isso não poderia ser mais mentira.

Com toda a certeza, ambos os perfis são totalmente capazes de vender e ganhar bem atuando como corretor.

Por exemplo:

  • Introvertido: Fala menos e ouve mais. Importante estilo de comunicação para atender clientes. Porém, muitas vezes é percebido como tímido ou anti social.

Enquanto isso,

  • Extrovertido: Se envolve com facilidade em diferenças conversas. Mas, muitas vezes é tido como rude ou egoísta.

Portanto, podemos afirmar com exatidão que aqueles que tem mais sucesso nas vendas dentro do mercado imobiliário são os corretores com perfil híbrido.

Ou seja, que compõe personalidades e estilos tanto introvertidos quanto extrovertidos.

Provavelmente você não sabe. Mas, nossos traços de personalidade são flexíveis.

Em outras palavras, isso significa que podem ser treinados para que você tenha um melhor desempenho.

Se você gostou do assunto e quer saber mais, acesse: Como adaptar o perfil do corretor no mercado de trabalho.

Novo conceito para Corretores de Alta Performance

Nós falamos no primeiro parágrafo desse artigo sobre as mais variadas nomenclaturas que um corretor pode utilizar.

Entretanto, o ‘consultor de imóveis’ é muito mais que uma nomenclatura. É um conceito de trabalho, atendimento, visão e valores.

Consultor de imóveis é um conceito de trabalho, atendimento, visão e valores.

Isso aconteceu porque a internet se popularizou ao longo dos anos. E com isso, trouxe ao mercado imobiliário consumidores mais instruídos e bem informados.

Portanto, um consultor de imóveis é mais que apenas um corretor de imóveis.

Ele é um profissional totalmente voltado para a experiência do usuário.

Porque acredita que somente através de uma boa consultoria poderá prestar um serviço de qualidade.

E por sua vez, sempre que prestar um serviço de excelência terá a oportunidade de receber cada vez mais indicações.

É um ciclo virtuoso.

Um consultor de imóveis tem uma técnica apurada, voltada para um atendimento do cliente de acordo com a etapa que o mesmo se encontra em sua jornada de compra.

Assim, esse tipo de profissional não pensa no fechamento da venda. Ele acredita que isso é uma recompensa pelo bom trabalho desempenhado.

Para ficar por dentro desse conceito, veja também: Um novo conceito para os corretores de sucesso.

Por fim, entre suas principais atribuições estão:

  • Conhecer bem o cliente
  • Conhecer o mercado de atuação
  • Gerar autoridade para o comprador
  • Aprimorar suas técnicas de negociação
  • Se preocupar em atender as necessidades do cliente

19 Dicas para ser um bom corretor de imóveis

Certamente, não importa a profissão que você atue, você quer ser bom nela.

Porém às vezes, não basta querer. Ser bom em algo exige disciplina, estudo, treino e talento.

Para isso, fizemos uma lista com 19 dicas para você utilizar no seu dia a dia.

Para ver cada uma delas mais de perto, acesse: 19 dicas de ouro para ser um bom corretor .

  1. Em primeiro lugar escolha um nicho de mercado que deseja atuar
  2. Se especialize nesse nicho escolhido
  3. Trabalhe sua resiliência
  4. Não procrastine
  5. Continue estudando – sempre
  6. Aprenda sobre gerenciamento
  7. Tenha uma boa comunicação
  8. Entenda sobre técnicas de negociação avançadas
  9. Não esqueça do cliente – acompanhamento sempre
  10. Invista no seu marketing pessoal
  11. Trabalhe com marketing imobiliário
  12. Utilize a tecnologia a seu favor
  13. Encontre ferramentas que podem otimizar seu tempo
  14. Busque sempre a solução para o seu cliente – não para você
  15. Crie e siga um plano de negócios desde o inicio
  16. Estabeleça metas
  17. Vá atrás do seu cliente ideal – faça prospecção constantemente
  18. Não faça captações aleatórias – trabalhe com uma boa carteira de imóveis
  19. Siga sempre o código de ética da sua profissão.

Alcançando o sucesso como corretor de imóveis

Primeiramente, precisamos ressaltar que o sucesso é algo relativo. Ou seja, o que é sucesso profissional para mim, não é e nem precisa ser para você.

Entretanto, há alguns pontos em comum em diversas definições de sucesso.

E por isso, optamos por elencar algumas ideias e dicas do que outros corretores de imóveis fazem para ter sucesso hoje.

Ter sucesso no mercado imobiliário, pode significar:

  • Vender muitos imóveis
  • Receber muitas indicações de clientes satisfeitos
  • Abrir sua própria imobiliária
  • Trabalhar com imóveis de luxo exclusivos
  • Atuar no mercado internacional

E por ai vai. Mas, o que todos esses objetivos tem em comum é o comportamento do profissional.

Dicas de comportamento para um corretor de sucesso

Um corretor de imóveis que pretende alcançar um desses propósitos se concentra em muito mais, do que na venda.

  • Se preocupe em ser agradável – sempre que possível
  • Trace um objetivo – Mas, seja determinado em seguir sua meta
  • Escute mais e fale menos
  • Aprenda sobre rapport e trabalhe desse forma com seu cliente
  • Faça favores que não aumentem seus resultados
  • Procure sempre ter empatia pelos seus clientes
  • Aprenda quais são as perguntas certas para cada tipo de cliente

Para ver mais sobre o assunto, clique em: 8 dicas de comportamento para corretores de sucesso.

Como se apresentar como corretor de imóveis

Nós falamos mais de uma vez sobre marketing pessoal. Isso significa “se mostrar ao mundo como um corretor de imóveis“. Mas, não basta apenas colocar no seu perfil do Linkedin sua profissão.

Você pode utilizar uma apresentação pessoal para despertar o interesse de um possível comprador. Ou para captar um imóvel e quem sabe, conseguir uma exclusividade.

Além disso, você pode se apresentar como corretor de imóveis por e-mail, telefone, Whatsapp, nas redes sociais e pessoalmente.

Conteúdo completo disponível em: 6 Estratégias para se apresentar como corretor

Para se apresentar pessoalmente

Muitos fatores são levados em consideração nesse tipo de apresentação. Então o foco é:

  • Vestimenta
  • Tom de voz
  • Feição
  • Conteúdo da apresentação

Para se apresentar por e-mail

Antes de culpar o cliente que não responde seu e-mail. Você já parou para pensar se está realmente passando uma boa impressão?

Independe do motivo do seu contato por e-mail você precisa primeira agregar valor, como profissional e com o serviço prestado. Então, no primeiro parágrafo já diga quem é você, o que sua imobiliária oferece e o nível de exposição que você tem.

Para se apresentar por telefone

Existem várias técnicas para se apresentar por telefone, fazer uma abordagem de venda ou até uma cold call de prospecção. Mas, o que com certeza vai influenciar muito é:

  • Tom da voz
  • Aceleração da fala
  • Forma de linguagem

Para se apresentar pelo Whatsapp

Provavelmente essa seja a maneira mais utilizada para se apresentar como profissional do mercado imobiliário. Então, revise alguns pontos importantes, para ter certeza que está passando a impressão certa para seu cliente.

  • Foto do perfil – precisa ser profissional (utilize 2 números de Whatsapp se for preciso)
  • Tipo de conta – pessoal ou business
  • Tipo de mensagem enviada

Para se apresentar nas redes sociais

O sucesso nas redes sociais dependem de conteúdo e engajamento basicamente. Então, quando se trata de redes sociais você não precisa ter um texto pronto e prévio para se apresentar.

Porém, você precisa se certificar que suas contas profissionais estão atualizadas e são relevantes. E também, que sua conta pessoal está separada e completamente privada.

Afinal, nenhum cliente precisa ver fotos suas na praia tomando cerveja com seus amigos, certo?

Crie um vídeo para se apresentar como corretor

Por fim, nossa última sugestão é você criar um vídeo para se apresentar.

Esse vídeo pode ser utilizado nas suas redes sociais e enviado pelo Whatsapp ou por e-mail.

Nós temos um conteúdo completo ensinando como fazer isso, veja aqui: Vídeo de Apresentação

Escolhendo entre ser corretor autônomo ou Trabalhar em uma imobiliária?

Se fossemos fazer uma disputa entre o corretor autônomo e o corretor de imobiliária.

Quem você acredita que teria mais vantagem competitiva no mercado?

Todas as rotinas profissionais que são inerentes aos corretores de imóveis, ocupam muitas vezes mais de 40 horas trabalhadas na semana.

Certamente, consome muito tempo as tarefas administrativas, geração de leads, negociações com clientes, visitas a imóveis, reuniões, preparação de contratos e etc.

Então, respondendo aquela pergunta sobre a disputa entre ambos os formatos de atuação, identificamos um placar mais ou menos assim para o Corretor de Imobiliária:

Corretor de ImobiliáriaVencePerdeEmpata
MarketingX
Anunciar em portaisX
SalárioX
Envolvimento nas redes sociaisX
NetworkingX
Carteira de imóveisX

Corretor de imóveis autônomo

Como você viu anteriormente, a disputa é acirrada entre trabalhar ou não de forma autônoma. Porém, existe mais por trás disso.

De certo, um corretor de imóveis autônomo tem a possibilidade de gerir da a sua maneira o seu negócio. E esse é um benefício incrível que a profissão proporciona.

Entretanto, apesar das dificuldades que mostramos antes, é possível se tornar um corretor de imóveis e trabalhar de forma individualizada e ainda assim, ser bem sucedido.

Um corretor de imóveis autônomo precisa se concentrar em todas as funções da profissão. Ou seja:

  • Captação de imóveis
  • Captação de clientes
  • Divulgação dos imóveis
  • Network
  • Marketing pessoal
  • Marketing para os imóveis
  • Visitas ao imóvel
  • Intermediação – negociação
  • Nutrição de leads
  • Documentações
  • Pós venda
  • E por fim, as finanças

Para cercar todos os assuntos, indicamos a leitura complementar: 12 estratégias para corretores autônomos não errarem.

As principais vantagens de se trabalhar sozinho são:

  • Definir o planejamento estratégico
  • Escolha do horário de trabalho de acordo com suas necessidades
  • Trabalhar boa parte do tempo em home office
  • Escolha das soluções que fazem mais sentido para você
  • Comissão integral
  • Parcerias com outros corretores são mais vantajosas
  • A carteira de imóveis pode ser 100% divulgada
  • Todas as indicações são suas
  • Não há rodizio de atendimentos
  • A fidelização do cliente só depende de você
  • Total flexibilidade
  • Possibilidade de escolher o que deve ser prioridade

Para trabalhar sozinho – Corretor de imóveis pode ser MEI?

Então, agora que você tem embasamento para escolher entre trabalhar de forma autônoma ou fazer parte de uma equipe imobiliária. Vale ressaltar um ponto importante e que ainda gera muitas dúvidas na profissão.

O corretor de imóveis autônomo não pode se tornar MEI

O fato de se tornar MEI.

O corretor de imóveis autônomo não pode se tornar MEI. O MEI serve apenas para profissionais que atuam em profissões antes não regulamentadas. O que não é o caso da corretagem.

Já sabemos que o corretor de imóveis deve seguir regras e diretrizes do Creci e Cofeci. Ou seja, é uma profissão regulamentada por esses órgãos há muito tempo.

Entendendo sobre a comissão do corretor de imóveis

Duas mãos segurando dinheiro igualmente repartido. Da comissão do corretor de imóveis

Não importa se você é novo na profissão ou já atua a bastante tempo no mercado.

A comissão devida sempre é um assunto em pauta entre os corretores de imóveis.

Isso acontece, porque infelizmente existem empresas e até corretores que se sujeitam a receber valores menores que os estipulados na tabela de honorários pelo Creci.

Então, para não restar dúvidas:

  • Corretor de imóveis não tem salário fixo (por enquanto)
  • O corretor de imóveis deve ser comissionado por cada negociação concluída (seja venda ou locação)

“Cumpre ao corretor de imóveis, em relação aos clientes: Receber, somente de uma única parte, comissões ou compensações pelo mesmo serviço prestado. Salvo se, para proceder de modo diverso, tiver havido consentimento de todos os interessados ou for praxe na jurisdição”.

  • Quem paga a comissão é sempre o proprietário do imóvel (seja para alugar ou para vender)

“A remuneração é devida ao corretor uma vez que, tenha conseguido o resultado previsto no contrato de mediação. Ou ainda, que este não se efetive em virtude de arrependimento das partes”

Código Civil – Cap. XIII – Art. 725

Portanto, de acordo com a tabela de honorários:

  • Imóveis urbanos – venda: 6% a 8%
  • Rurais – venda: 8% a 10%
  • Industriais – venda: 6% a 8%
  • Venda judicial: 5%
  • Empreendimentos: 4% a 6%

Para a locação de imóveis, encontramos os honorários dessa forma:

  • Locação realizada: Valor integral do primeiro aluguel
  • Locação de imóveis de temporada: 30% sobre o valor total recebido
  • Administração de bens sobre o aluguel: 8% a 10%

Entretanto, quando o corretor de imóveis trabalha dentro de uma imobiliária, os percentuais listados acima de horários são pagos à imobiliária.

Essa por sua vez, repassa 30% do valor total recebido para o corretor de imóveis responsável.

Pagamento de comissão em caso de permuta:

Contudo, quando o assunto é permuta de imóveis, há muita controversa sobre o recebimento da comissão.

Em primeiro lugar, a permuta de imóveis significa troca.

É muito comum em negociações com construturas. Que aceitam receber um outro imóvel como parte de pagamento.

Porém, em uma permuta não há ninguém caracterizado como comprador ou vendedor.

Nesse caso, ambos são proprietários realizando uma troca.

Então, nada mais correto que o corretor de imóveis receber sua comissão em ambas as negociações.

“Nas permutas, os honorários serão devidos pelos respectivos proprietários a quem estes contrataram. Calculado sob o valor de venda de cada imóvel”.

Tabela de Honorários do Creci/SP – Nota 1

Projeto de Lei para o corretor de imóveis

Fora isso, vale lembrar que ainda há em pauta um projeto na Câmara dos Deputados que prevê regulamentar a profissão de corretor de imóveis dentro da CLT.

Então, dessa forma, o corretor que atua em uma imobiliária passaria a ter o direito de uma salário fixo. Na proposta o piso solicitado é de R$ 950 por 40 horas semanais de trabalho.

Ainda nesse âmbito o corretor de imóveis tem alternativas para aumentar seu salário, tais como:

  • Se especializar em avaliação de imóveis
  • Trabalhar com administração de condomínios

Corretor de Imóveis trabalhando como Administrador de imóveis

Como vimos a pouco, existe a possibilidade de aumentar seu salário como corretor de imóveis, trabalhando portanto, com a administração de bens.

Esse é um vasto mercado, já que estima-se que no Brasil hajam mais de 10 milhões de unidades alugadas.

Além de ganhar mais e ter a tão sonhada “receita recorrente”.

O corretor que opta por atuar como administrador tem a possibilidade também de aumentar sua rede de contato e expandir seus negócios.

O administrador de imóveis é a pessoa responsável pela intermediação de uma locação e posteriormente por toda a comunicação entre proprietário e inquilino.

Fazendo isso por quanto tempo durar o processo de locação.

Além disso, existem outras incumbências, como por exemplo:

  • Trabalhar com um gerenciamento rápido e inteligente
  • Fazer o repasse de aluguéis
  • Cuidar dos reajustes de aluguéis
  • Cuidar do seguro fiança ou depósito
  • Elaborar os contratos de locação
  • Prestar orientação financeira ao proprietário
  • Conhecer as leis que acercam a locação de imóveis

Para saber afundo sobre o assunto, veja também: Do conceito à pratica: Administrador de imóveis.

A melhor forma de se motivar na carreira de corretor de imóveis

Nem sempre nos sentimos realizados em nossas profissões.

Mas, isso não significa que a sua carreira como corretor de imóveis está errada ou que o problema é você.

De certo, em qualquer área em que se atua manter o alto astral constante é uma tarefa difícil.

Talvez suas expectativas tenham sido muito altas, ou suas metas inatingíveis para o momento.

Então, nada melhor do que se reestruturar profissionalmente. Porque, dias ruins acontecem. E felizmente terminam. Para dar espaço a dias ótimos.

Com toda a certeza, quem trabalha com vendas, sabe disso e quem vive de comissão tem obrigação de saber.

O que deu errado hoje, ou esse mês pode ser melhorado ou ajustado para que dê certo posteriormente.

Portanto, em primeiro lugar, se faça algumas perguntas:

  • Você tem tempo de ter uma vida social?
  • Sente que ajuda outras pessoas com sua carreira?
  • Existem outras maneiras de compartilhar suas habilidades?
  • Você está ganhando o suficiente?
  • A sua carreira está sob o seu controle?
  • Existe algum outro nicho de mercado que deseja atuar?

Para se manter motivado você precisa ter um propósito maior. Ou seja, para que realmente você está trabalhando?

Em outras palavras, o seu propósito não pode ser apenas ganhar dinheiro. Você tem que ir além.

Por exemplo:

  • Trocar de carro
  • Comprar uma nova casa de férias
  • Fazer uma viagem internacional com a família
  • Guardar dinheiro para a faculdade dos filhos
  • Pagar a festa de 15 anos da sua filha

Certamente, para realizar todos esses propósitos, será necessário dinheiro.

Mas, sua motivação não vem do dinheiro em si.

São essas metas pessoais que vão te motivar a acordar cedo todos os dias, a atender clientes mais difíceis e etc.

Complemente sua leitura sobre o assunto em: 6 Técnicas de motivação para corretores de imóveis.

7 Dificuldades do mercado imobiliário que você precisa saber

Quem falar que ser corretor de imóveis é fácil, é porque nunca foi um de verdade.

São inúmeras de dificuldades e obstáculos que devem ser contornados todos os dias para alcançar estabilidade e realização profissional.

Entretanto, muitas vezes algo é visto como um benefício, quando na realidade é um obstáculo a ser ultrapassado.

Por exemplo:

  • Não tem salário fixo
  • Não pode parar de estudar e aprender
  • O horário de trabalho é na contramão de todo mundo
  • Existe o sentimento de nunca parar de trabalhar
  • Precisa lidar com pessoas de todo o tipo de personalidades

Veja também: Como superar as dificuldades no mercado imobiliário.

Além disso, você precisa:

Vencer a vontade de procrastinar todos os dias

Primeiramente, você sabe o que é procrastinar? A procrastinação é o ato ou efeito de adiar algo que precisa ser feito.

Quando você não é capaz de superar a procrastinação, a médio e longo e prazo isso pode te causar:

Estresse, culpa e consequentemente perda de produtividade.

Para o corretor de imóveis, a procrastinação não acontece de uma vez só. Ela vem em etapas.

Primeiro ela aparece em pequenas tarefas que são deixadas de lado, até que se agrava para a falta de compromissos em tarefas importantes.

Portanto, podemos concluir que a procrastinação começa com um mal comportamento. E então, se transforma em um mal hábito.

Para saber como supera-la, separamos um conteúdo exclusivo: 13 etapas para deixar de procrastinar.

Entender que a inteligência emocional faz parte da sua vida para sempre

Antes de tudo, a inteligencia emocional é um conceito de psicologia.

Muito utilizado para ajudar pessoas a entender sobre seus próprios sentimentos. E sobretudo, sobre o dos outros.

Acima de tudo, como lidar com essas informações.

Uma vez que a inteligencia emocional vem da psicologia, podemos então afirmar que ela é treinável.

Ou seja, mesmo que hoje, você tenha um baixo índice de inteligencia emocional. Não significa que não pode melhorá-lo.

Então, quando você faz isso, você permite que diversos benefícios façam parte da sua vida profissional e pessoal.

Por exemplo:

  • Reduz o nível de ansiedade
  • Diminui o nível de estresse
  • Elimina ou reduz conflitos
  • Melhora os relacionamentos interpessoais
  • Melhora seu nível de empatia com as pessoas
  • Tem maior clareza nos objetivos e ações
  • Aumenta a capacidade de tomada de decisão
  • Auxilia no controle de tempo e produtividade
  • Auxilia no seu comprometimento com metas
  • Amplia sua visão de futuro
  • Melhorar sua autoestima e confiança

Portanto, para saber como aplicar a inteligente emocional na sua profissão veja: 14 Dicas de inteligencia emocional para corretores.

Treinamentos para corretores de imóveis

treinamentos para corretores de imóveis. Sala cheia com profissional ensinando na frente
Faça treinamentos com técnicas de vendas de imóveis

Já parou para pensar na quantidade de informações que você adquiriu até agora? Mas, faltou falarmos sobre uma coisa ainda: Treinamentos.

Nós citamos lá em cima, que você não deve parar de estudar. Entretanto, estudar o que? Como?

Aqui está a resposta.

Corretores de imóveis podem fazer treinamentos:

  • Na área jurídica – O IBREP disponibiliza cursos sobre documentação imobiliária
  • Na área comercial – O SENAC tem um aparato enorme voltado para vendas
  • Área comportamental – A UniEducar tem um curso gratuito de motivação e liderança
  • Área de Marketing – O SEBRAE tem disponível um curso de marketing digital para empreendedores

Quer ver mais sobre o cursos e treinamentos? Acesse: Treinamento para corretores de imóveis.

Vale a pena ser corretor de imóveis?

Para encarrar nosso conteúdo, a resposta sobre a pergunta que não quer calar: Vale a pena ser corretor?

SIM! 😄👍

Vale muito mais a pena do que você pode imaginar.

  • Apesar de trabalhar em horários incomuns, você tem flexibilidade.
  • É fácil se tornar um corretor de imóveis
  • Se trabalhar corretamente, se ganha muito bem
  • Você tem a oportunidade de ajudar outras pessoas com sua profissão
  • Você tem o empreendedorismo correndo nas veias
  • Não há restrição de sexo, gênero ou idade

Ufa! Acredito que cobrimos todos os assuntos inerentes a profissão de corretor de imóveis.

Assim, como assuntos relacionados ao profissional.

Você tem alguma pergunta que não encontrou a resposta aqui? Deixe-a nos comentários abaixo que eu te respondo.

Boa sorte e boas vendas!

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!

Deixe uma Resposta

Works with AZEXO page builder