🕗 Tempo de leitura: 5 minutos

Talvez o sonho de todo corretor de imóveis seja abrir sua própria imobiliária.

Entretanto não basta apenas abrir um escritório com uma boa carteira de imóveis e aguardar os clientes. Será necessário aprender a gerenciar uma imobiliária, só assim é possível obter sucesso como empreendedor.

Como sabemos que não é uma tarefa fácil e pode acarretar muito conflito principalmente com quem não está habituado com a gestão de negócios, resolvemos escrever esse artigo para orientar e ‘dar um norte’ a quem deseja ingressar nesse ramo e sobretudo para quem já ingressou e ainda está com dificuldades para ser bem sucedido.

Veja também: O Guia completo sobre Gestão Imobiliária

Dica 1 para gerenciar uma imobiliária : Mapeamento da região

fundo azul com um mapa e ícones em vermelho. Mapeamento da região para gerenciar uma imobiliária.

Mapear as oportunidades da sua região de atuação é primordial para o sucesso da imobiliária. Isso significa que é preciso muito empenho e sagacidade por parte do proprietário da imobiliária.

Então, esteja por dentro das tendências que assolam o mercado em que você trabalha. Por exemplo:

  • Quais os bairros que tendem a ser valorizados nos próximos anos?
  • Quais empreendimentos vão ser lançados? (negociar imóveis na planta pode ser muito lucrativo para a imobiliária e sobretudo para o cliente comprador)
  • O que deve alterar na infraestrutura da cidade nos próximos anos? (construção de shopping center, metrô, centro comercial e etc)

Dica 2 para gerenciar uma imobiliária: Gestão de carteira

Duas mãos em primeiro plano dispostas como se "segurasse algo com cuidado. No meio, desenhos de diversas pessoas em branco. Gestão de pessoas para gerenciar uma imobiliária.

Como o título indica, é essencial ter uma gestão de toda a sua carteira de negócios, seja ela de clientes, leads ou imóveis.

Muitas imobiliárias, por ter esse quesito defasado e desatualizado por vezes acabam perdendo clientes e deixando de concluir negociações.

É importante desse modo que você tenha facilidade e organização nessa área.

O que pode lhe ajudar certamente, é um CRM de gestão imobiliária, ou seja, um sistema para incluir todos os seus imóveis, atualizá-los com facilidade e sobretudo, cadastrar os clientes e atendimentos que são feitos pelos corretores.

Assim, não há como não ter uma visão ampla do seu negócio e ajustar pontos defeituosos com mais agilidade.

Dica 3 para gerenciar uma imobiliária: Documentação organizada

Homem de terno, afogado em papeis e documentos desorganizados. Com a mão estendida pede por ajuda para gerenciar sua imobiliária.

Ainda com o auxilio de um bom sistema, tenha a documentação pertinente a qualquer imóvel registrada de forma organizada na sua imobiliária.

Feito isso, você será capaz de reduzir o tempo de espera para aprovação de uma proposta negociada, reduzir igualmente a burocracia com seus clientes (proprietários e compradores) e não há chances de ter re-trabalho.

O que nesse caso te faria perder muito tempo e quem sabe até um bom negócio.

Quando o assunto é documentação, podemos enfatizar também a organização das propostas emitidas aos seus clientes. Por isso, o corretor não pode simplesmente encaminhar uma proposta e a mesma não estar anexada junto com a documentação do cliente no sistema de gestão da sua imobiliária.

Se por sua vez, isso acontecer e o corretor se ausentar, como você terá acesso a essas informações que são certamente, de suma importância para conclusão de uma venda por exemplo?

Dica 4 para gerenciar uma imobiliária: Gestão financeira

Uma calculadora, nota fiscal ao fundo e uma caneta. A gestão financeira é fundamental para o gerenciamento de uma imobiliária.

Quando o assunto é gerenciar uma imobiliária, provavelmente a primeira ideia que se vem a cabeça do empreendedor de sucesso é ‘dinheiro’.

Por isso, dedicamos um tópico apenas para falar sobre a gestão financeira do seu negócio.

De fato administrar uma imobiliária cujo o faturamento é oriundo de comissões é uma tarefa um tanto desafiadora. Entretanto, é possível contornar sazonalidades com baixa nas vendas com um pouco de organização.

Veja os exemplos:

  1. Ter um fundo de reserva
    Isso significa ter guardado em caixa para emergências uma quantia equivalente a pelo menos 3 meses de pagamento de todas as suas contas fixas. Entre elas ressaltamos (água, luz, telefone, internet, aluguel e etc).
    Lembrando que no momento em que esse fundo precisar ser utilizado, assim que possível repor a quantia e voltar ao valor inicial do fundo. É imprescindível também que ao agregar mais uma conta fixa na sua imobiliária esse fundo seja reajustado de acordo.
  2. Trabalhar com administração de imóveis locados
    Essa é uma boa alternativa para você deixar de depender apenas das comissões e realmente ter uma renda fixa na sua imobiliária.

Entretanto, de nada vão adiantar essas medidas se a organização financeira não for eficiente.

Ou seja, conte com a ajuda de um profissional (contador) e determine um salário para você. É o chamado pró-labore.

Em outras palavras:

Suas contas pessoais jamais devem se misturar com as contas empresariais e seus gastos devem estar de acordo com o seu salário e não com a faturamento da sua imobiliária.

Ok?

Dica 5 para gerenciar uma imobiliária: Marketing imobiliário

Desenho com uma mão segurando um imã e atraindo assim, novos clientes, oportunidades e dinheiro.

Quando falamos em marketing logo pensamos:

Ações que proporcionam a atração de um número maior de pessoas interessadas no nosso negócio.

Observe como essa colação torna indispensável o investimento em marketing imobiliário.

A concorrência no mercado imobiliário está cada vez mais acirrada e decerto, sua empresa deve aplicar uma fatia dos lucros em ações de marketing com uma estratégia eficaz.

Isso por incluir, um site imobiliário bem feito, anúncio em portais imobiliários, campanhas de e-mail marketing e um blog com conteúdo interessante para o seu público alvo.

Todos esses são exemplos de boas práticas de marketing que comprovadamente trazem sucesso para imobiliária.

Dica 6 para gerenciar uma imobiliária: Gestão de pessoas

Em desenho, duas mãos segurando e ajustando engrenagem em uma corporação. Dentro de cada engrenagem o rosto de um funcionário. A gestão de pessoas então, é essencial para o gerenciamento da imobiliária.

Um desafio tão grande quanto a gestão financeira é a gestão de pessoas.

Para ser possível gerenciar uma imobiliária com qualidade você precisa se focar também nas pessoas que trabalham com você.

Toda a fonte de renda da sua imobiliária certamente irá passar pelas mãos dos seus funcionários, os corretores de imóveis.

Quando entendemos que esse profissional não tem vínculo empregatício algum com a imobiliária fica ainda mais complicado. Concorda?

É de responsabilidade do gestor nesse caso, promover um ambiente de trabalho agradável, amigável e valioso.

Isso inclui obviamente, aspectos estruturais (como o escritório), materiais (computadores, telefones, carros e etc), motivacionais (quantidade de leads que chegam na imobiliária, regras de comissionamento, premiações diferenciadas e etc), entre outros.

Voltando a falar sobre o CRM imobiliário, com ele você dá autonomia para o corretor de imóveis. Isto é, organização. E assim continua mantendo o controle do seu negócio.

Dessa forma é possível saber quais clientes estão sendo atendidos, como ‘andam’ esses atendimentos e se for necessário até intervir com um auxilio ao corretor para o fechamento da venda.

Nesse caso, se a sua imobiliária contar com uma equipe um pouco mais ampla e direcionada, essa função fica a cargo do gerente imobiliário.

Por fim, se capacite sempre que possível. Certamente com essas dicas que apresentamos já será possível gerenciar sua imobiliária com mais facilidade e assim, obter sucesso.

Você adota alguma prática na gestão da sua empresa que tem feito a diferença? Compartilhe conosco nos comentários abaixo.

Boa sorte e boas vendas!

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!

Deixe uma Resposta

Works with AZEXO page builder