🕗 Tempo de leitura: 5 minutos

Não é um trabalho fácil. Lidar com metas, resultados e gestão de pessoas demanda muito esforço. Veja os 9 conceitos básicos para se tornar um bom gerente imobiliário.

Sem dúvida, o gerente de imobiliária deve acima de tudo gerenciar sua equipe de corretores.

Além de acompanhar os trâmites das transações imobiliárias, se envolver nas negociações, elaborar propostas, finalizar contratos. Bem como cuidar do desenvolvimento de equipe, da estratégia de vendas, entre outros.

Veja também: O Guia completo sobre Gestão Imobiliária

Trata-se de treinar profissionais, com o intuito de desenvolver cada um deles de forma individual pensando no desenvolvimento global da imobiliária.

De maneira idêntica, o principal objetivo é alinhar o time de corretores para aumentar o faturamento próprio e da imobiliária. Bem como entregar serviços e promover atendimentos com mais qualidade.

Principais qualidades de um gerente de imobiliária

O gerente de uma imobiliária de sucesso conversando em tom amigável com dois corretores. Uma mulher de cabelos ruivos e um homem de cabelo loiro. O gerente está bem vestido e sorrindo.
Principais qualidades de um gerente de imobiliária

Entre tantas qualidades e funções inerentes à um gerente imobiliário, algumas podem ser mais ressaltadas que outras. Uma vez que todo o resultado e desempenho da imobiliária, deve passar pela mão do gerente.

1. Ser um bom ‘closer

Em outras palavras, ser um bom fechador de negócios. Nada impulsiona mais o time de vendas do que o exemplo. Um gerente que no dia a dia não demonstra capacidade de fechar negócios afeta o desempenho geral da equipe de corretores.

Dessa forma, ter um ‘gerente fechador de negócios‘ é o combustível para uma equipe produtiva.

Por consequência, com a produção em alta, todos ganham mais. O que é, um grande incentivador para os corretores de imóveis.

2. Ser diligente

Notebook, cafés e um projeto. Um bom gerente de uma imobiliária precisa ser diligente. Na imagem mostra uma reunião, com a mão de um gerente dando explicações e delegando funções.
O que faz um gerente imobiliário?

Ter diligência significa ter cuidado, atenção e dedicação na execução de uma tarefa. Bem como desenvolver agilidade e planejamento para seu time comercial.

Assim sendo,  a diligência é considerada uma virtude, de perseguir objetivos e zelar por ter bons princípios.

Uma vez que todas as ações comerciais devem passar pelo gerente da imobiliária, desenvolver essa característica é fundamental para a estrutura da empresa e qualidade no serviço prestado.

3. Ter comando responsável

É o que se espera de todo executivo do ramo imobiliário. Em outras palavras, o gerente precisa adquirir o comportamento de “dono da imobiliária”, é fundamental enxergar a empresa na sua totalidade.

Dessa forma as ações e tomadas de decisão serão sempre pensadas em um bem maior. O gerente precisa se convencer disso e acima de tudo, levar esse pensamento a todos os corretores.

Assim, todos trabalham para o sucesso comum.

4. Desenvolver a equipe de corretores

Equipe de corretores de imóveis unida junto com o gerente de uma imobiliária.

Todo gestor responsável pensa no crescimento profissional, não somente dele mas como de todos os seus liderados.

Pensando sob esse ponto de vista, é fundamental que o gerente imobiliário consiga além de treinar seus corretores para alta performance, também possa desenvolver novos talentos. Ou se preferir, futuros gestores.

Um erro comum de gestores medianos é pensar que ao desenvolver profissionalmente um subordinado ele corre o risco de perder sua posição.

Esse pensamento não poderia estar mais errado.

Já pensou quando o dono da imobiliária resolver abrir novas filiais e precisar contratar uma equipe nova, você ou um corretor desenvolvido por você podem assumir o cargo.

Há espaço para todos no mercado, principalmente para bons profissionais.

5. Ter estratégia comercial

Em síntese, é de responsabilidade do gerente da imobiliária toda a estratégia comercial da empresa. Ou seja, definir o script de vendas, aprimorar a técnica dos corretores bem como definir metas tangíveis para o time.

Somente com a estratégia de vendas de imóveis bem estruturada é possível avaliar o desempenho da equipe e corrigir possíveis falhas no desenvolvimento do processo de vendas.

6. Ter boa comunicação com a equipe

Equipe de corretores de imóveis com balões de conversa sob a cabeça. Enfatiza a boa comunicação que o gerente deve ter com a equipe.
Ter boa comunicação com a equipe

No momento em que você entende que é preciso a colaboração de um todo para atingir o resultado enquanto empresa, a boa comunicação passa a ser primordial para o sucesso.

Um bom gerente de vendas precisa liderar a equipe por caminhos que muitas vezes ainda estão inexplorados.

Por isso ouvir feedback dos corretores referente a gestão assumida fará com que você esteja a par de todos os acontecimentos do dia a dia dos corretores.

O diálogo honesto entre todos além de mostrar confiança e credibilidade, encoraja os demais profissionais a adotarem a mesma conduta.

Da mesma forma, a resiliência faz parte de manter a boa comunicação.

Você precisa mostrar para sua equipe que nem sempre vão acertar. Porém saber tirar o melhor aprendizado dos seus erros fará com que você tenha nas mãos uma equipe engajada, forte e segura para superar as adversidades.

7. Atento as condições de trabalho

A fim de proporcionar a sua equipe as melhores condições de trabalho, é função do gerente da imobiliária ‘lutar’ pelos melhores benefícios para seus corretores.

Isso significa que é de inteira responsabilidade:

  • Monitorar as oportunidades que chegam
  • Se certificar que os corretores trabalham com a melhor ferramenta imobiliária
  • Quais os portais trazem os contatos mais qualificados.

E, por fim, alinhar isso com o time de marketing (se houver um).

Quando os corretores percebem que seu líder, procura trazer inovações, facilidades e recompensas para a equipe ele ‘cai nas graças’ dos liderados.

Muitas vezes isso é capaz de determinar o grau de esforço que será empregado em cada negociação feita pelos seus corretores.

8. Estimular a equipe de corretores

Imagem em animação. Mostra um homem e uma mulher, ambos executivos em uma corrida de obstáculos.

Nada mais fascinante que o gerente que sabe tirar proveito do melhor de cada um dentro da sua equipe. Uma boa forma de estimular seu time comercial é:

  1. Recompensas individuais por metas atingidas de acordo com a dificuldade de cada um.

    Por exemplo: Um corretor da sua equipe tem dificuldade em ‘dar fechamento’ e por muitas vezes deixa a venda escapar nos detalhes.
    Você no entanto ao verificar isso. Pode incluir uma meta individual para aumentar o percentual de fechamento dentro do funil de vendas desse corretor.
  2. Recompensas por captação

    Por exemplo: Se é de responsabilidade dos corretores trazer novas captações para a imobiliária. Você pode então criar um programa de recompensas mensal para o que trouxer mais, ou a mais valiosa captação. De acordo com a métricas estabelecidas anteriormente pela imobiliária

9. Disseminar boas práticas

Isto é, envolver a equipe em um esquema cooperativo e não competitivo. Isso permite que as boas práticas possam ser compartilhadas sem medo.

Por exemplo:

Se em algum momento, um corretor agiu de determinada maneira e isso lhe trouxe um resultado positivo, incentive que seja compartilhado para todos.

Agir dessa forma, fará com que você tenha realmente uma equipe alinhada e não apenas um monte de corretores agindo individualmente.

Seus resultados enquanto líder tendem a aumentar e melhor ainda, se sustentar.

Conte para nós alguma boa prática que você faz hoje e como estão seus resultados com ela.

Boa sorte e boas vendas!

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!

Deixe uma Resposta

Works with AZEXO page builder