🕗 Tempo de leitura: 5 minutos

A marca da sua imobiliária e o branding são cruciais para a construção de um negócio que resista a mudanças no mercado ao longo do tempo.

Quando decidir abrir uma imobiliária o foco deve ser grande no quesito marca.

Para acessar um guia completo sobre o assunto veja também: Como Abrir uma Imobiliária: O Guia Completo 2020

Ouvir com frequência o termo ‘branding’ sem necessariamente compreender a importância dentro do negócio pode minimizar a importância de uma verdadeira marca imobiliária para muitas pessoas quando elas criam sua estratégia de marketing.

Por isso, vamos começar explicando:

O que é branding imobiliário?

Desenho com a palavra "Brand" e diversas figuras para representar, como lâmpadas, engrenagens e etc. Para iniciar o assunto sobre marca imobiliária

Branding é o termo usado para descrever uma estratégia de marketing que torna todos os elementos do modo como você divulga e anuncia facilmente identificáveis ​​como “seus”.

Por isso, o branding imobiliário significa criar um estilo, ética e visão para sua imobiliária que as pessoas podem dizer prontamente que pertencem a você . 

É o que distingue sua imobiliária de todas as outras por aí.

Que vantagens exclusivas a marca imobiliária oferece?

Quando a marca é feita corretamente, pode ajudar a conscientizar as pessoas sobre a sua imobiliária.

Isso é crucial em todos os mercados, mas especialmente no mercado imobiliário.

As pessoas procuram um corretor em quem confiam, talvez a primeira pessoa confiável que vem à mente. Dessa forma, a imobiliária com a maior marca e presença sempre será a que eles pensam primeiro e, portanto, torna-se importante começar a construir esse reconhecimento de marca para conquistar negócios.

As imobiliárias conhecidas por trazer algo único ao mercado se posicionam automaticamente em seu público específico. 

Encontrar e enfatizar o que torna sua imobiliária especial é o que atrai os clientes que você procura. Nesse sentido, as imobiliárias que não colocam muito trabalho nesse aspecto do marketing acabam desaparecendo em tempos de crise.

Como começar a marca da sua imobiliária

Quadro com diversas marcas como Google, Nike, Samsung, Coca cola e etc

Você não precisa encomendar bugigangas com o seu logotipo para iniciar a marca imobiliária. 

Então, como iniciar sua marca imobiliária? Você pode começar apenas com seu telefone, computador e um compromisso com as mídias sociais. 

A primeira forma e certamente a menos custosa é uma estratégia de conteúdo forte.

O conteúdo ajuda você a se posicionar como um especialista em qualquer que seja o seu nicho. 

Inclusive, dá a você tempo e espaço para desenvolver a percepção que sua imobiliária está tentando criar. Você realmente tem a chance de transmitir sua mensagem.

Os pontos de atenção para construção da marca imobiliária

O Sebrae disponibiliza um relatório de inteligência, publicado em 2015, que explora alguns aspectos decisivos na representação de um negócio.

Nesse caso está voltado para a criação de uma marca no ramo da moda e vestuário. Entretanto, muitas dicas ali apresentadas podem facilmente ser aplicadas no mercado imobiliário. São eles:

  • Visual: Caracterizado pelo alinhamento dos elementos para criar materiais harmoniosos nos diversos canais de venda da empresa, seja na loja física, seja em plataformas digitais. As marcas mais fortes são facilmente reconhecidas devido a estudos aprofundados que envolvem cores, formatos e nomenclaturas.
  • Relacionamento: Ter o consumidor como foco de qualquer ação da empresa é ponto-chave para criar um relacionamento agradável. O cliente que recebe atenção e passa por experiências positivas tem muito mais chances de fidelizar-se à marca, repetir a compra em um momento futuro e indicar a empresa para amigos e familiares.
  • Tendências: Acompanhar as principais tendências do mercado é uma atitude essencial. Estar por dentro das novidades e aplicá-las de acordo com as exigências do público não é apenas uma atitude inteligente, mas primordial.
  • Conteúdo: Estamos vivendo a era da informação, principalmente após a digitalização de dados, processos e empresas. As pessoas estão buscando constantemente dados relevantes, interações ricas e materiais interessantes, que podem agregar valor ao relacionamento entre marca e consumidor. Onde quer que a sua imobiliária esteja, fale com o seu público. Ofereça respostas, ideias, sugestões e soluções.
  • Divulgação: Um dos pilares fundamentais de qualquer estratégia de comunicação é saber investir na divulgação da marca imobiliária. Conheça o seu público, entenda as suas necessidades e mire com exatidão no alvo que a sua imobiliária precisa atingir.

1. Crie conteúdo de áudio ou vídeo de formato longo

Comece com planejamentos regulares para gravação de vídeos. Dessa forma você pode gravar um podcast ou um vídeo de conteúdo mais denso. Com certeza, não será necessário investir muito do seu tempo.

Concentre-se em documentar suas atividades diárias, talvez você não ache o seu dia-a-dia interessante, mas haverá muitas pessoas por aí que sim.

Aqui está o que você deve focar quando se trata deste tipo de conteúdo:

  • Seja genuíno. Não finja que você é maior do que você é. Se você falar sobre um lançamento e poucos comentarem, seja vulnerável o suficiente para mostrar isso e fale sobre o que você acha que impactou a baixa participação.
  • Seja consistente. Você não está competindo por um Oscar, então não pense que tudo o que você faz deve ser um conteúdo desse nível. Em vez disso, defina uma meta para criar conteúdo diário ou semanal em formato longo.
  • Seja útil . Forneça conteúdo que possa realmente ser valioso para seus clientes. Distribua seus conhecimentos gratuitamente. Se as pessoas estão aprendendo algo com você e você realmente está agregando valor às suas vidas, provavelmente terá mais facilidade em confiarem em você quando se trata de comprar ou vender um imóvel.

2. Publique conteúdo em todas as plataformas de mídia social

Depois de criar seu conteúdo, use-o para criar todas as suas postagens de mídia social para o próximo dia ou semana em uma variedade de canais, como YouTube, Facebook, Twitter, Instagram ou blog do seu site.

Você pode no entanto, postar a versão completa no YouTube ou qualquer plataforma de podcast usada, cortá-la e postar clipes de tamanho pequeno no Instagram, Twitter e Facebook durante a semana. 

Você também pode transcrevê-lo para criar um post no blog que pode ser postado no Linkedin ou no seu site. Portanto, tente dividir seu conteúdo em pedaços suficientes para que você tenha algo para publicar todos os dias.

3. Acompanhe e seja paciente

Separe um tempo todos os dias para acompanhar os comentários em todas as suas plataformas, dizendo algo significativo que pode ajudar a aumentar a identidade da sua marca. 

Use esses comentários como outra oportunidade para mostrar seus conhecimentos sobre o mercado imobiliário e sobretudo sanar qualquer dúvida que seus clientes venham à apresentar.

É mais importante nesta fase lembrar de ser paciente. Certamente, você não verá crescimento instantâneo e o reconhecimento de marca. 

Porém, com o tempo, à medida que as pessoas começam a ver seu conteúdo em mais e mais lugares, você poderá criar sua marca imobiliária com sucesso. 

É preciso muito trabalho e paciência, mas, eventualmente, você pode criar uma marca que faça de você a primeira pessoa em potencial que os clientes pensam quando procuram um corretor de imóveis.

E você já criou uma marca imobiliária reconhecida no mercado que atua? Conte para nós os resultados positivos das suas ações!

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!

Deixe uma Resposta

Works with AZEXO page builder