🕗 Tempo de leitura: 4 minutos

Era uma vez!
Anúncios eram fatos sem emoção. Falavam sobre o número de quartos, metragem quadrada e comodidades como uma piscina. 

Hoje entretanto, corretores mais experientes estão utilizando o storytelling para vender imóveis e assim, contando histórias convincentes sobre imóveis à venda.

A descrição correta pode ser exatamente o que coloca o comprador na sua porta!

“Do berço ao túmulo”, todas as pessoas adoram histórias, e isso não muda quando elas procuram um imóvel para comprar ou alugar. 

Embora, imagens bonitas e o preço certo possibilitem atrair um comprador para seu site, é, sem dúvida, uma narrativa bem escrita, que faz um interessado a imaginar-se morando lá. E virar um lead.

A ideia de utilização do storytelling para vender imóveis é justamente criar emoção no subconsciente dos possíveis compradores. Aliás, isso juntamente com as fotos corretas , formam um conjunto inspirador e promissor.

Leitura Obrigatória: Técnica de Vendas de Imóveis: Tudo o que Você Precisa Saber

O que é Storytelling

Storytelling é a capacidade de contar histórias de maneira relevante. Onde ‘story’ – do inglês significa história e ‘telling’ significa contar. Em outras palavras, é uma narrativa que promove o seu negócio de maneira persuasiva e não invasiva.

Para contar uma boa história, antes de tudo, é preciso prática e a intenção é de estreitar as relações entre quem vende algo e quem procura comprar.

Uma história interessante é o conjunto de alguns fatores bem alinhados, tais como:

  • Vocabulário adequado
  • Enredo inteligente e provocativo
  • Personagens que representem as expectativas de quem vai ler
  • Elementos de suporte visual (vídeos ou fotos)

Dessa forma, seu anúncio para vender imóveis será capaz de emocionar, entreter e sobretudo, persuadir o receptor. Por consequência, suas chances de conseguir mais clientes através dos seus anúncios são maiores.

Descubra a história e use o storytelling para vender imóveis

Filme do Adam Sandler onde ele conta história. Para inspirar o corretor a utilizar o storytelling para vender imóveis

Uma história não se cria sozinha; Você precisa cavar para encontrar a peculiaridade de um imóvel. 

Comece andando pela casa com o proprietário, pedindo detalhes e lembranças de diferentes cômodos, talvez o Natal na sala da família, ou as refeições de Ano Novo na sala de jantar, a filha saindo para seu primeiro encontro e etc.

Às vezes, se você não souber muito sobre o passado da propriedade (caso seja mais antiga), vale a pena pesquisar os registros.

Existem 4 elementos básicos em uma storytelling que devem ser levados em consideração.

Uma vez que, seu possível cliente, passa por uma jornada de conhecimento. Forneça a ele dessa forma, tal história.

  1. Mensagem:
    Qual a mensagem que você deseja transmitir e como ela será contada.
  2. Ambiente:
    Sua história precisa acontecer em algum lugar específico, qual o cômodo que pode despertar a melhor narrativa?
  3. Personagem:
    Fale sobre quem é a pessoa que vai passar por essa jornada
  4. Conflito:
    Deixe o espectador interessado em continuar a leitura, quem faz isso é o conflito. Ou seja, um obstáculo que precisa ser superado para atingir aquela recompensa.

Assim que descobrir a história, use fatos interessantes para montar seu storytelling, por exemplo:

Imagine tomar seu café da manhã na varanda ensolarada, observando o mar à sua esquerda, as montanhas à sua direita e ouvindo o som das ondas ao iniciar o seu dia. dia.

Para uma casa na praia

Iniciamos uma remodelação do banheiro principal na primavera de 2018 e encontramos todos os canos velhos. 
No final, refizemos a casa inteira. 
Você não precisará mais se preocupar com isso.

Para imóveis reformados

Acentue o positivo

Os corretores de imóveis são hábeis em perceber as grandes qualidades de um imóvel a venda, como lareiras, plantas baixas abertas e uma cozinha com uma ilha central. Primeiramente, feche os olhos e imagine como uma família poderia morar lá. Então, essa é a sua narrativa, e aqui estão mais alguns exemplos.

Para lareiras: “Não há nada como relaxar na frente de um fogo quente em uma noite fria de inverno”.

Para ilhas de cozinha: “Seus amigos se reunirão em torno de sua ilha de cozinha durante o futebol de domingo, comendo aperitivos ou se preparando para o churrasco.”

Banheiras no banheiro principal: “Imagine mergulhar seus músculos cansados ​​da academia na banheira de hidromassagem, e perceber suas preocupações derretendo”.

Reformule pontos negativos em positivos

Existe toda uma escola de terapia cognitiva dedicada a mudar a maneira como encaramos os fatos de nossa vida, e você pode usar a técnica para vender imóveis.

Em vez de esconder a proximidade da casa dos trilhos de trem, escreva por exemplo:

“Pense o tempo todo que você economizará dando uma curta caminhada até o transporte público.”

Em vez de descrever uma casa minúscula como “aconchegante” – os compradores são sábios nisso – descreva como:

Um “espaço íntimo para um tempo de qualidade para a família”.

Um quarto pequeno se torna um:

“Escritório doméstico de destaque com ótima iluminação”.

E um deck com vista para um quintal montanhoso se torna um:

“Espaço de entretenimento ao ar livre para saborear coquetéis após uma semana difícil de trabalho”.

Pegue a ideia.

Transforme a manutenção em storytelling para vender imóveis

Embora o estilo de vida seja a narrativa óbvia, a maneira como uma casa foi cuidadosamente mantida pode ser uma subtrama atraente. Antes de tudo, utilize os registros de remodelação e manutenção.

Dessa forma, você pode criar um histórico digital de uma casa cuidada com carinho, o que dá aos compradores confiança no momento da compra.

A boa escrita é a reescrita

Os escritores profissionais sabem que grandes histórias não surgem totalmente da mente até as pontas dos dedos. Ou seja, uma boa redação é reescrever, elaborar frases com substantivos e verbos fortes e eliminar qualificadores como “realmente” ou “muito”.

Acelere seu aprendizado em storytelling para vender imóveis

Caso tenha se interessado pelo assunto é importante que você vá buscar mais conhecimento, nesse artigo apenas introduzimos a dinâmica de utilizar a prática do storytelling para te auxiliar a vender mais imóveis.

Entretanto, é preciso cultivar esse espirito inovador e buscar técnicas um pouco mais avançadas.

Selecionamos para isso, alguns cursos sobre o assunto onde, em alguns casos, você pode estudar de casa mesmo.

Confira a lista completa:

Veja um exemplo de uma Storytelling que fez sucesso:

Heineken: Mulheres também curtem futebol

A campanha se diverte com o fato do senso comum achar que mulher não gosta de futebol e para isso, contam uma história divertida e atraente.

Agora é só colocar em prática tudo que você aprendeu, e assim, com certeza aumentar as conversões em seu site e portais de anúncios.

Você já fez um anúncio diferenciado utilizando storytelling? Conte para nós como foi!

Boa sorte a boas vendas!

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!

Deixe uma Resposta

Works with AZEXO page builder