🕗 Tempo de leitura: 4 minutos

Aprender como fotografar imóveis é de suma importância para corretores e imobiliárias conseguirem encantar os clientes e gerarem bons resultados.

Uma pesquisa feita pelo portal ZAP Imóveis. Constatou que os imóveis que tinham entre 11 e 19 fotos, geraram 33% mais contatos. Apenas com fotos melhores, simples assim!

Primeiramente, você deve saber que mais de 70% das pessoas que procuram por um imóvel, iniciam esse processo através da internet.

Sendo assim, não basta apenas estar visível para essas pessoas. É necessário encantar o seu cliente, fazer ele notar seu anúncio em meio a tantos outros.

Mais a frente, vamos falar como fotografar os imóveis com qualidade para despertar mais interesse.

Veja também o guia completo sobre anúncios de imóveis: Tudo que Você Precisa para Anunciar Imóveis com o Máximo de Exposição

Como fotografar imóveis com a melhor iluminação

Sala de estar fotografada a luz do dia. (Juliana Torres). Mostra como fotografar imóveis.
 (Divulgação/Juliana Torres)

Escolhendo o melhor horário para fotografar o imóvel

Para você obter uma foto de boa qualidade, deve haver cuidado com a iluminação. Por isso, alguns horários são mais indicados.

A regra básica é utilizar a luz natural. Entretanto, em alguns horários ela pode “danificar” a imagem, mas em geral o melhor horário para fotografar é:

Fotografe o imóvel na parte da manhã das 9hs às 11hs. E na parte da tarde das 14hs às 16hs.

Para a maioria do imóveis esses são os melhores horários. Porém, dependendo da face solar, pode ser que alguns imóveis ou cômodos não se enquadrem perfeitamente.

Se for o caso do imóvel que você irá tirar as próximas fotos, tente controlar a iluminação natural do ambiente regulando a abertura da porta ou janela. Cortinas e lâmpadas também podem te ajudar.

Em resumo, não se esqueça:

Quando adentrar o imóvel, o primeiro passo é acender as luzes. Abrir as janelas e cortinas para aproveitar a luminosidade externa.

Ajustando a altura e angulação para fotografar o imóvel

Muita atenção. A pessoa que irá ver as fotos, é um cliente em potencial. E precisa ter uma sensação agradável ao se imaginar dentro do imóvel, antes mesmo de entrar em contato com você.

Por isso, o cuidado com a altura das fotos e os ângulos adequados para fazer a fotografia são primordiais.

Posicionamento para tirar a foto

Tudo começa com o seu posicionamento, coloque-se num lugar onde possivelmente o comprador estará ao entrar no ambiente. Ou seja, você vai retratar exatamente a visão da pessoa quando entra no cômodo.

Um erro comum, é tirar todas as fotos com a câmera na altura do olhos. Fazendo com que o ângulo das paredes e linhas do cômodo fiquem tortos e causem desconforto.

Dito isso, na maioria das vezes a altura ideal é a altura da cintura. Veja um exemplo:

Fotografia com ângulos tortos, tirada com a câmera na altura dos olhos.

Heitor Pergher Fotografia

É possível fazer boas fotos com celular, basta que os ajustes ideais sejam respeitados. Uma boa dica, é utilizar um tripé.

Fotografia com ângulos retos, tirada com a câmera na altura da cintura.

Heitor Pergher Fotografia

Preparando o imóvel para foto

A fotografia precisa ser impessoal e permitir que qualquer pessoa consiga se visualizar morando no imóvel. Com isso, a organização deve estar em primeiro lugar na sua lista de afazeres.

Tão importante quanto um imóvel limpo, é a sensação de que já existe um dono. Por isso, animais de estimação, itens pessoais, roupas, emblemas de time de futebol e etc. Devem ser retirados para a sessão de fotos.

Isso vale também para a visita do cliente comprador ao imóvel. Nós já escrevemos sobre como fazer uma apresentação de imóvel para venda. Se precisar corra lá e pegue algumas dicas.

Atenção

Tome cuidado com espelhos nos cômodos que for fotografar e ajuste o ângulo para que não apareça ninguém (nem a câmera).

Como fotografar imóveis em sequência lógica

Sob o mesmo ponto de vista, o cliente precisa se sentir de fato visitando o imóvel. Ao levarmos isso em consideração, faz sentido exibir as fotos em uma sequencia lógica.

Ou seja, quando você entra em uma casa ou apartamento “dá de cara” com o que? Depois naturalmente caminha para qual cômodo? Essa experiência precisa ser passada para quem quer comprar ou alugar um imóvel.

Vale lembrar também que banheiros são menos atrativos e por isso, naturalmente ficam para as fotos finais (exceto no caso da suíte que a foto do banheiro acompanha a do quarto).

Em resumo, se coloque sempre no lugar de quem está visualizando as fotos e organize de forma que fique mais confortável e agradável. Ok?

Você pode e deve ser diferenciado. Não exite em publicar fotos da fachada, seja de um condomínio ou de uma casa.

E mais, faça fotos pelo bairro, tente mostrar o conforto que a família vai ter ao morar naquele local.

Tem alguma dica que deseja compartilhar com a gente, deixe seu comentário!

Boa sorte e boas vendas!

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais!

9 Comentários

  1. Manoel Oliveira Oliveira

    Excelente dicas, para os corretores. São informações que nos ajudam no dia a dia.

  2. Romulo

    Ótima dica a de fotografar alguns pontos fortes do Bairro onde se localiza o imóvel. Acrescentaria tirar uma foto de cada ângulo externo da casa mostrando a rua e a vizinhança (se for pra somar).

    • Paola Santoro

      Excelente sugestão Rômulo!!!!

    • Maria

      Ótima dica Rômulo! Eu sempre digo aqui para os corretores que tiram as nossas fotos. Hoje o cliente quer ter a sensação de amplitude, espaço, e sensação de que tem ar para respirar. Tirar fotos do horizonte, do visão externa que ele terá de determinado cômodo da casa traz uma sensação muito boa.

  3. Mário Rubens Ferraz de Paula

    Muito interessante as dicas! Em relação à iluminação, recomendo que evite fotos com a janela batendo o sol como da foto, pois ela “estoura” e às vezes, nem Photoshop ajuda! O assunto é super importante mesmo, pois é notório o interesse por imóveis com fotos muito bem tiradas e em boa quantidade. Paabéns!

Deixe uma Resposta

Works with AZEXO page builder